sap@oftalmo.center +5517981900011 +551733637223

A Cirurgia Refrativa é toda cirurgia ocular utilizada para melhorar a refração, ou seja, reduzir as alterações do olho, na maioria naturais, que interferem e prejudicam nossa visão e que geralmente são “corrigidas” com o uso de óculos ou lentes de contato.

Quando se fala em cirurgia refrativa pensa-se naquelas onde é utilizado o laser. Esta é apenas uma das formas em nosso grande arsenal terapêutico para amenizar ou até mesmo eliminar a necessidade de óculos. Vamos conhecer algumas de suas formas:

 

LASIK / PRK

São cirurgias onde é utilizado um laser para esculpir a córnea e corrigir não apenas os erros refrativos, conhecidos como miopia, hipermetropia e astigmatismo, como também eliminar as chamadas aberrações ópticas, que não são corrigidas nem mesmo com a utilização de óculos. No LASIK é levantada uma pequena aba da córnea e somente após é feito o laser, utilizado para pacientes que necessitam de correções mais elevadas. O PRK é um procedimento onde o laser é feito praticamente direto na córnea, utilizado em pacientes com pouco grau de correção. Hoje dispomos em nossa cidade de equipamentos de última geração para estes procedimentos, similares aos mais modernos utilizados na Europa e Estados Unidos. Estes equipamentos permitem procedimentos de alta precisão e direcionados para as alterações e particularidades do paciente. O que era chamado até algum tempo atrás de cirurgia personalizada, hoje já está incluso no procedimento tradicional. Pelo menos esta é a realidade em nossa região.

 

Implantes de lentes

São indicados para pacientes que possuem um alto grau de refracão e que não podem ser corrigidos com o laser. A correção do erro refrativo é feito com o implante de uma lente que se sobrepõem a íris, a parte colorida do olho. Em virtude de reações que as mesmas podem provocar em alguns pacientes, o implante deve ser estudado para cada paciente.

Há o implante indicado para pacientes que já se submeteram a cirurgia de catarata. Para aqueles que não desejam mais usar óculos, ou reduzir o seu uso, podem ser implantadas lentes que corrigem o astigmatismo, lentes bifocais ou multifocais que permitem a visão para perto, ou corrigir erros que não foram corrigidos pela cirurgia anterior. Com este procedimento, uma lente é colocada sobre a outra anteriormente implantada, corrigindo o problema.

 

Faco Refrativa

Este é um procedimento ainda pouco utilizado em nosso país por ser considerado experimental. É a remoção do cristalino ainda sem catarata, da mesma forma que feito na cirurgia para correção deste problema, onde é colocado uma lente que corrige um erro refrativo muito elevado, indicado para pacientes com altas miopias e altas hipermetropias. Este procedimento já é aceito como primeira escolha em alguns casos em estudos desenvolvidos no hemisfério norte, em virtude da segurança que a cirurgia moderna de catarata apresenta.

 

Incisão relaxante limbar

Este procedimento é indicado para a correcão de astigmatismo residual após cirurgias de catarata ou em pacientes que desejam ter este problema eliminado sem a utilização de laser. São feitas pequenas incisões arqueadas que reduzem ou eliminam o astigmatismo.

Apesar dos enormes avanços que tivemos e das técnicas hoje disponíveis para melhorarmos a visão, devemos lembrar que a ótica, a área do conhecimento que estuda a luz e a sua relação com o ambiente, tem o olho como uma estrutura viva que concilia a biologia e a física para nos presentear com o milagre da visão, e que apesar de todo o conhecimento e teoria seremos sempre subjugados se não respeitarmos e reconhecermos a individualidade de cada ser humano

 

Cuidados antes e depois da cirurgia:

Pré-Operatório Pós-Operatório
Não usar nenhuma maquiagem ou creme no rosto no dia da cirurgia. Comparecer fielmente às consultas marcadas para acompanhamento do pós-operatório, pois elas são de extrema importância.
Tomar banho e lavar bem a cabeça e rosto. Lavar as mãos antes de pingar os colírios.
É importante estar acompanhado de um adulto ao vir e ao deixar a clínica. Pingar os colírios conforme orientação médica. Não sendo necessário acordar durante a noite para fazer uso dos mesmos.
Usar roupas confortáveis e fáceis de serem trocadas ao se dirigir à clínica. Pode assistir TV e ler desde que esteja se sentindo bem.
Deixar objetos de valor em casa.(relógios, brincos, colares, etc…). Se o paciente pratica alguma atividade física de rotina, consultar o médico para saber quando poderá voltar a atividade.
Quando for convênio, não esquecer de trazer a guia para a cirurgia (autorização). Procure utilizar lenços apropriados para limpeza na região do olho operado.
Traga todos os exames laboratoriais e de avaliação clínica. Evite coçar os olhos.